We use our own and third-party cookies to improve browsing and provide content of interest.

In continuing we understand that you accept our Cookies Policy. You can modify the cookies storage options in your browser. Learn more

I understand

Contadores de energia eléctrica multifunções

Normas de utilização de redes sociais

 

Todos os perfis oficiais da CIRCUTOR, S.A. em redes sociais informam o utilizador sobre os seus termos e condições de utilização. Estes termos são indicados no documento seguinte:

A CIRCUTOR criou esta página nas redes sociais para o escutar, para o informar e para que conheça melhor a nossa entidade. O seu principal objectivo é fomentar o diálogo transparente e construtivo, sempre com respeito entre todos os utilizadores.

Para que este canal seja útil para todos, é necessário respeitar as regras básicas. Deve ler com atenção as seguintes normas de utilização antes de começar a participar:

  1. Lembre-se que este fórum é público. Sendo que ao adicionar qualquer dado, comentário ou informação, assume que este pode ser visto por todos os restantes utilizadores desta rede social e pela CIRCUTOR.
  2. Pedimos-lhe que fale na primeira pessoa e que trate de trazer valor para os seus comentários, facilitando informações e respectivas ponderações. Lembre-se que é responsável pelo que escreve e pelas eventuais consequências na sua imagem e reputação. Se tiver qualquer dúvida, não faça qualquer contribuição.
  3. Este espaço constitui um fórum de intercâmbio de opiniões ou para debate construtivo mas não é o local adequado para criar polémicas, ofender outros utilizadores ou terceiros, nem para apresentar queixas e reclamações que se devem realizar através das vias específicas que a CIRCUTOR tem estabelecidas para tal fim.
  4. Trate com respeito os outros utilizadores; utilize uma linguagem adequada e correta e atua como se estivesse na presença de outra pessoa.
  5. Não publique material publicitário nem faça uso deste perfil para lucrar ou fazer negócio, nem compare os valores, produtos ou serviços de outras empresas. Este fórum também não serve para promover ou procurar emprego; a CIRCUTOR dispõe de uma via específica para esta finalidade.
  6. A sua contribuição deve apresentar dados reais, concretos e argumentação consistente. Permitem-se citações ou a reprodução de pequenos fragmentos de textos, livros ou obras em geral de terceiros, sempre que se indique a fonte e o nome do autor. Se realizar uma contribuição própria (texto, fotografias, gráficos, vídeos ou áudio) informamo-lo que deve autorização à CIRCUTOR para a reproduzir em qualquer meio físico ou virtual onde indicaremos o seu nome como autor, tudo isto sem prejuízo de que outros utilizadores também os poderão guardar ou reproduzir.
  7. O símbolo da "C", "CIRCUTOR" e/ou qualquer outro logótipo que utilizamos neste perfil são marcas registadas. Também são titularidade da empresa os conteúdos divulgados pela CIRCUTOR neste perfil e, portanto, a CIRCUTOR reserva-se todos os direitos de propriedade intelectual e industrial associados aos mesmos. Dever-se-á comprometer a respeitá-los e a não utilizá-los sem a devida autorização, qualquer que seja o meio.
  8. Só deve descarregar os conteúdos, copiar ou imprimir qualquer contribuição, para sua utilização pessoal ou privada.
  9. Informamo-lo que a partir deste perfil nesta rede social, a CIRCUTOR não lhe pedirá, de forma pública, quaisquer dados pessoais.
  10. As informações contidas neste perfil não deverão ser consideradas como assessoria, recomendação de compra, venda ou qualquer outro tipo de negociação sobre os produtos ou soluções da CIRCUTOR.
  11. Temos de preservar a boa utilização deste perfil e, para tal, a CIRCUTOR, como administrador, reserva-se o direito de eliminar, sem direito e resposta, qualquer comentário que:
  • Considere ilegal, mal-educada, ameaçadora, infundada, caluniosa, inadequada, ética ou socialmente discriminatória ou laboralmente censurável ou que, de alguma forma, possa criar danos e prejuízos materiais ou morais à CIRCUTOR, aos seus funcionários, colaboradores ou terceiros.
  • Envolva dados de terceiros sem a sua autorização.
  • Contenha qualquer tipo de recomendação relativa a material publicitário ou de propaganda, pessoal ou em benefício de terceiros, sejam pessoas físicas ou jurídicas.
  • Seja redundante.
  • Não esteja relacionada com a finalidade da página.

 

Responsabilidade e garantia da CIRCUTOR

A CIRCUTOR não se responsabiliza pelas opiniões indicadas neste perfil e não assume garantia alguma sobre a veracidade, exactidão ou actualização das informações nele contidas.

Em caso algum, a CIRCUTOR, os seus administradores, funcionários ou pessoal autorizado serão responsáveis por qualquer tipo de prejuízo, perdas, reclamações ou gastos de nenhum tipo, advenham ou não da utilização desta rede social, das informações adquiridas ou acedidas por ou através desta, de vírus informáticos, de falhas operativas ou de interrupções no serviço ou transmissão ou falhas na linha; a utilização desta rede social, tanto em ligação directa como em vínculo ou outro meio, constitui um aviso a qualquer utilizador de que estas possibilidades possam ocorrer.

A CIRCUTOR não se responsabiliza pelas páginas web inadequadas às quais se possam aceder através de vínculos ("links") a partir deste perfil ou de qualquer conteúdo colocado à sua disposição por terceiros.

A CIRCUTOR reserva-se o direito a modificar, suspender, cancelar ou restringir o conteúdo deste perfil, os vínculos ou as informações obtidas através dele, sem necessidade de aviso prévio.

No caso de surgirem dúvidas relacionadas com a navegação, conteúdo e acesso, por favor, contacte o administrador do perfil.

 

CIRCUTOR, SA

Política de privacidade

1. TITULARIDADE DO SÍTIO WEB E SERVIÇOS OFERECIDOS

A CIRCUTOR, SA (doravante, “CIRCUTOR”) é o titular da página na Internet www.circutor.com: um sítio de Internet dedicado a oferecer serviços de informação relativos às actividades desenvolvidas pela CIRCUTOR.

O sítio www.circutor.com (doravante, o “Sítio de Internet”) facilita informação aos seus utilizadores sobre produtos, soluções, serviços, novidades e demais assuntos de interesse relativos às actividades mencionadas anteriormente.

No Sítio de Internet não se realizam transacções comerciais e os serviços prestados pela CIRCUTOR através do Sítio de Internet são gratuitos, salvo se, em relação a algum deles, seja especificado o contrário.

A CIRCUTOR tem a sua sede social em Vial Sant Jordi, s/n, Código Postal 08232 de Viladecavalls (Barcelona) e está inscrita no Registro Mercantil de Barcelona (Registo Comercial de Barcelona), Tomo 3814, Libro (Livro) 3160, Folio (Folha) 39, Hoja (Folha) 40.189, Inscripción (Inscrição) 2ª, com C.I.F. A-08513178

2. CONDIÇÕES DE UTILIZAÇÃO

O uso do Sítio de Internet implica a aceitação sem reservas por parte do utilizador de todas e qualquer uma das condições contidas no presente Aviso Legal. Se não está de acordo com alguma das condições do presente Aviso Legal não deve utilizar o Sítio de Internet.

3. PROTECÇÃO DE DADOS DE CARÁCTER PESSOAL

Em cumprimento do estabelecido no artigo 5 da Ley Orgánica 15/1999, de 13 de Dezembro (Espanha), sobre Protecção de Dados de Carácter Pessoal (LOPD), a CIRCUTOR, SA informa-o de que os dados pessoais facilitados à CIRCUTOR, SA pelo utilizador, seja através do Sítio de Internet ou de qualquer outro modo, serão incorporados num ficheiro que é propriedade da CIRCUTOR, SA, que garante a a segurança e confidencialidade dos referidos dados.

O responsável pelo tratamento deste ficheiro é a CIRCUTOR, SA, com sede social em Vial Sant Jordi, s/n, Código Postal 08232 de Viladecavalls (Barcelona). O utilizador poderá exercer os direitos de oposição, acesso, rectificação e cancelamento dos seus dados segundo o estabelecido nos artigos 15 e 16 da LOPD, dirigindo a sua solicitação por correio electrónico para comunicacion@circutor.com .

O titular dispõe também da possibilidade de conseguir, num formato eletrónico organizado e comummente utilizado, uma cópia dos dados que estejam a ser tratados. Poderá decidir transmitir estes dados para outro sistema sempre que os dados objeto dessa transmissão estejam sujeitos a um tratamento automatizado.

A CIRCUTOR, SA recolhe os dados de carácter pessoal dos utilizadores para poder prestar os serviços oferecidos no Sítio de Internet, para elaborar perfis de utilizadores com a intenção de melhorar e personalizar os serviços, e com fins comerciais, publicitários e formativos. No caso de os dados recolhidos virem a ser utilizados para finalidades distintas das anteriormente expostas, a CIRCUTOR, SA solicitará o consentimento expresso e por escrito ao utilizador.

A CIRCUTOR, SA adoptou as medidas técnicas necessárias para garantir a segurança dos referidos dados e evitar a sua alteração, perda, tratamento ou acesso não autorizado, de acordo com o estabelecido no Regulamento de Medidas de Segurança dos Ficheiros Automatizados que contenham Dados de Carácter Pessoal, aprovado pelo Real Decreto 994/1999, de 11 de Junho (Espanha).

A CIRCUTOR, SA compromete-se a manter segredo acerca dos dados de carácter pessoal facilitados pelo utilizador, de maneira que, salvo se tal for exigido legalmente, não facilitará nem cederá esta informação a outras pessoas sem o consentimento prévio e por escrito do utilizador.

4. MENORES DE IDADE

Os conteúdos do Sítio de Internet dirigem-se a pessoas maiores de idade. A CIRCUTOR, SA não pretende obter dados de pessoas menores de idade. Quando a CIRCUTOR, SA tiver conhecimento de que existem no seu ficheiro dados de carácter pessoal de um menor, procederá de imediato ao seu cancelamento.

5. PROPRIEDADE INDUSTRIAL E INTELECTUAL

Todos os conteúdos, imagens, desenhos, esquemas, logótipos, marcas e qualquer outro elemento ou sinal distintivo que surja ou possa surgir de futuro no Sítio de Internet são titularidade da CIRCUTOR, SA. O utilizador utilizará os serviços do Sítio de Internet respeitando as referidas titularidades e a utilização dos serviços não lhe outorgará qualquer direito em relação aos conteúdos do Sítio de Internet.

Qualquer reprodução, distribuição ou transformação dos conteúdos do Sítio de Internet que não tenha sido expressamente autorizada pelo titular dos mesmos constitui uma infracção da legislação vigente em matéria de propriedade industrial e intelectual.

A CIRCUTOR, SA é o titular exclusivo dos direitos de exploração do Sítio de Internet, pelo que qualquer reprodução da totalidade ou de parte do mesmo deve ser expressamente autorizada pela CIRCUTOR, SA .

6. LIGAÇÕES

O Sítio de Internet pode conter ligações para outras páginas de Internet com a finalidade de complementar os serviços oferecidos ao utilizador. A CIRCUTOR, SA não é a titular das referidas páginas de Internet, pelo que não se responsabiliza pelos seus conteúdos nem pelos danos e prejuízos que o uso das mesmas possa ocasionar ao utilizador.

Se o utilizador do Sítio de Internet acede à referidas páginas de Internet e aos serviços que estas oferecem, a CIRCUTOR, SA permanecerá alheia a qualquer classe de relação que puder ser estabelecida entre o utilizador e os titulares das referidas páginas de Internet ou quaisquer terceiros relacionados com as mesmas.

Do mesmo modo, o titular de uma página na Internet na qual se pretenda inserir uma ligação para o Sítio de Internet deverá obter, com carácter prévio, uma autorização da CIRCUTOR, SA.

A CIRCUTOR, SA não será responsável pelos conteúdos daquelas páginas de Internet nas quais exista uma ligação para o Sítio de Internet e permanecerá alheia às relações que possam ser estabelecidas entre os titulares das mesmas e os utilizadores do Sítio de Internet.

7. EMPREGO DE “COOKIES”

O Sítio de Internet utiliza “cookies” para poder personalizar os conteúdos da página em beneficio do utilizador. Uma “cookie” é um ficheiro de dados que é alojado no disco rígido do computador do utilizador e que permite conhecer o tipo de navegador ou o sistema operativo que utiliza, assim como os interesses e preferências do utilizador.

O utilizador pode configurar o seu computador, de forma que sejam eliminadas as “cookies” do seu disco rígido ou que seja avisado antes de guardar uma “cookie”.

8. GARANTIAS E RESPONSABILIDADES

A CIRCUTOR, SA colocou todo o seu empenho no sentido de a informação do Sítio de Internet ser precisa e estar actualizada. Todavia, a CIRCUTOR, SA não garante nem assume a responsabilidade pela exactidão e actualização dos conteúdos do Sítio de Internet. A CIRCUTOR, SA não se responsabiliza por qualquer erro ou omissão nos conteúdos do Sítio de Internet e reserva-se o direito de modificar os referidos conteúdos a qualquer momento e sem aviso prévio.

No Sítio de Internet não será realizada qualquer tipo de transacção comercial e nenhum dos seus conteúdos visa qualquer oferta contractual para o utilizador. As relações comerciais entre a CIRCUTOR, SA e os seus clientes regem-se pelas Condições Gerais de Venda da CIRCUTOR e/ou por outras condições gerais ou acordos específicos. Os conteúdos do Sítio de Internet não prevalecem sobre os termos das relações comerciais entre a CIRCUTOR, SA e os seus clientes nem podem condicionar a política comercial que a CIRCUTOR, SA decida adoptar em cada momento.

O Sítio de Internet pode conter declarações de carácter subjectivo que expressem opiniões da CIRCUTOR, SA ou de terceiros relativos a eventos futuros e sujeitas, portanto, a incerteza. A CIRCUTOR, SA não se responsabiliza pela influência que estas declarações possam exercer sobre o utilizador nem pelas consequências das mesmas nas acções ou omissões do utilizador.

A CIRCUTOR, SA não se responsabiliza pelos erros ou falhas no funcionamento do Sítio de Internet, sejam intrínsecos ou sejam às características e limitações da Internet. O utilizador assume qualquer risco derivado da utilização da Internet, incluindo a possível transmissão de vírus informáticos. A CIRCUTOR, SA não garante o funcionamento ininterrupto dos serviços do Sítio de Internet e não será responsável por danos e prejuízos que possam derivar da interrupção dos serviços. Em particular, a CIRCUTOR, SA não será responsável em circunstancias de força maior tais como incêndios, interrupções e cortes no fornecimento eléctrico ou quaisquer outros eventos imprevisíveis ou inevitáveis.

Em qualquer dos casos, a CIRCUTOR, SA só será responsável pelos danos e prejuízos que tiverem sido previstos ou que seja possível prever no momento da utilização do Sítio de Internet pelo utilizador e que sejam consequência directa e necessária da infracção por negligência grave de obrigações contratuais substanciais.

O facto de o Sítio de Internet descrever ou apresentar determinados produtos não implica um compromisso da CIRCUTOR, SA de que os mesmos estarão disponíveis para o utilizador.

A exclusão de responsabilidades e garantias descritas nesta secção aplicar-se-á tanto à CIRCUTOR, SA como aos seus administradores, directores, funcionários e representantes.

9. LEI APLICÁVEL E JURISDIÇÃO COMPETENTE

As condições de utilização do Sítio de Internet contidas neste Aviso Legal, assim como as relações entre o utilizador e a CIRCUTOR, SA, reger-se-ão e serão interpretadas de acordo com as leis espanholas. Para a solução de qualquer conflito que posse surgir, o utilizador e a CIRCUTOR, SA submetem-se expressamente à competência e jurisdição dos julgados e tribunais da cidade de Terrassa, renunciando expressamente a qualquer outro foro que pudesse corresponder-lhes.

CIRCUTOR, SA

Política de cookies

De acordo com o Regulamento Europeu 2016/679 de Proteção de Dados de Caráter Pessoal, comunicamos-lhe que o responsável pelo tratamento dos dados pessoais que introduzir nesta página web é a CIRCUTOR, S.A. aceitando, para tal propósito, a política de privacidade e aviso legal da mesma.

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar nossos os serviços e apresentar-lhe informação relacionada com as suas preferências através da análise dos seus hábitos de navegação. Se continuar a navegar, consideramos que aceita a sua utilização. Para alterar a configuração ou obter mais informação, continue a ler esta secção.

Que são as cookies e para que são utilizadas

Uma cookie é um ficheiro que contém uma pequena informação que é enviada por um sítio de Internet e armazenada no navegador do utilizador. Desta forma, o sítio de Internet pode recolher certos dados e informações sobre a navegação do utilizador para assim poder optimizar a navegação e oferecer-lhe serviços complementares.

A CIRCUTOR utiliza cookies quando um utilizador navega pela sua página na Internet. As referidas cookies associam-se a um utilizador anónimo e ao seu computador. As cookies permitem assim à CIRCUTOR reconhecer os utilizadores que acedam à sua página na Internet, com o único fim de facilitar-lhes a sua navegação. Em qualquer caso, o utilizador pode configurar o seu navegador para ser avisado da recepção de cookies e impedir assim a sua instalação no seu disco rígido (continue a ler para saber como).
Entre a informação que armazenam estas cookies, encontram-se os dados referentes à navegação intrínseca num sítio de Internet (páginas visitadas, opções seleccionadas. etc)

Que tipos de cookies utiliza esta página na Internet?

• Cookies próprias: São aquelas que são enviadas para o equipamento terminal do utilizador a partir de equipamento ou domínio gerido pelo próprio editor e a partir do qual é prestado o serviço solicitado pelo utilizador.
• Cookies de terceiro: São aquelas que são enviadas para o equipamento terminal do utilizador a partir de um equipamento ou domínio que não é gerido pelo editor, mas por outra entidade que processa os dados obtidos através das cookies.
• Cookies de sessão: São um tipo de cookies concebidas para obter e armazenar dados enquanto o utilizador acede a uma página na Internet.
• Cookies persistentes: São um tipo de cookies nas quais os dados continuam armazenados no terminal e podem ser acedidos e tratados durante um período definido pelo responsável da cookie, podendo ir de uns minutos a vários anos.
• Cookies de análise: São aquelas que, sejam tratadas por nós ou por terceiros, nos permitem quantificar o número de utilizadores e assim realizar a medição e análise estatística da utilização feita pelos utilizadores do serviço oferecido.

Para tal, analisa-se a sua navegação na nossa página na Internet com o fim de melhorar a oferta de produtos o serviços que lhe oferecemos.

O que ocorre se aceitar as cookies

Se tem as cookies activadas no seu navegador, utilizaremos essa informação para melhorar a sua experiência de navegação através do nosso sitio.

O que ocorre se desinstalar ou apagar as cookies

Algumas funcionalidades dos serviços ficaram inactivas. Também não serão mostradas, uma vez abandonada a nossa página, anúncios relacionados com os produtos que visitou.

Como desinstalar as cookies ou impedi-las na sua navegação

Todos os navegadores actuais permitem alterar a configuração de Cookies. Estes ajustes normalmente encontram-se nas ‘opções’ ou ‘Preferências’ do menu do seu navegador. Segue-se uma pequena ajuda sobre a forma de actuar em cada navegador (incluem-se apenas os navegadores mais conhecidos)

- Internet Explorer: Ferramentas -> Opções de Internet -> Privacidade -> Configuração. Para mais informação, pode consultar o suporte de Microsoft ou a ajuda do navegador.
- Firefox: Ferramentas -> Opções -> Privacidade -> Histórico -> Configuração Personalizada. Para mais informação, pode consultar o suporte de Mozilla ou a ajuda do navegador.
- Chrome: Configuração -> Mostrar opções avançadas -> Privacidade -> Configuração de conteúdo. Para mais informação, pode consultar o suporte de Google ou a ajuda do navegador.
- Safari: Preferências -> Segurança. Para mais informação, pode consultar o suporte de Apple ou a ajuda do navegador.

Protecção e controlo

protecção-diferencial-industrial

Protecção diferencial industrial

A protecção e continuidade no fornecimento eléctrico são dois termos que não podemos dissociar se queremos garantir a segurança de utilizadores e de instalações eléctricas. A crescente incorporação de receptores ou cargas que geram distorção na rede eléctrica (variadores de velocidade, arrancadores electrónicos, equipamentos informáticos, iluminação através de balastros electrónicos, etc.) torna necessário o uso de protecções que possam discriminar entre os defeitos da instalação e as perturbações eléctricas que provocam disparos intempestivos das protecções.

protecção-diferencial-e-magnetotérmica-ra

Protecção diferencial e magnetotérmica com religação

Os que rearmam automaticamente em caso de disparo não desejado:

  • Mesmas características que os básicos mas, além disso:
  • Opções de religações programáveis: em tempo e repetições.

relés-e-elementos-de-controlo

Relés e elementos de controlo

A CIRCUTOR dispõe de uma gama de relés de protecção para aplicações muito diversas e concretas. Muitos destes produtos foram desenhados sob especificação e sempre atendendo às necessidades dos nossos clientes. Dentro desta linha de produtos existem desde relés muito simples na sua utilização, como é o caso dos relés de corrente, a relés de protecção para montar em células de centros de transformação.

transformadores-de-corrente-para-protecção

Transformadores de corrente para protecção

Gama completa de transformadores de corrente, série TRP e TRM, encapsulados em resina, utilizados para aplicações de medição e/ou protecção. Destacar que baixo consumo se podem fabricar transformadores com outras características de relação,  potência, classe de precisão, dimensões, etc. aos descritos nos seguintes apartados. Esta família de transformadores complementa os transformadores de corrente descritos na secção de medição.

equipamentos-ct

Equipamentos de medição e verificação para CT

Para as centrais e centros de transformação continua em vigor o real decreto RD 3275/1982 sobre condições técnicas e garantias de segurança em centrais eléctricas, subestações e centros de transformação. No referido regulamento estabelece-se a obrigatoriedade de os proprietários das referidas instalações subscreverem um contrato de manutenção de aquelas, antes da sua colocação em funcionamento. A manutenção das instalações, reguladas pelo regulamento anteriormente mencionado, só pode ser levado a cabo por empresas que estejam inscritas no Registo de Empresas que Mantêm a Alta Tensão (REMAT), do Serviço Territorial de Indústria e Energia (Espanha) em cujo âmbitoo pretendam desenvolver a referida actividade.

A fim de garantir os trabalhos de conversão e manutenção, estabelecerem-se determinados requisitos para as empresas de manutenção, sendo obrigatório o cumprimento, para as instalações de alta tensão, de acordo com o previsto no regulamento e nas suas instruções técnicas complementares MIE-RAT. Além disso, deve respeitar os requisitos do titular para corrigir as avarias que forem produzidas. Para uma empresa ser inscrita na REMAT necessita de dispor dos meios técnicos, que posteriormente usará para a manutenção das referidas instalações.

Condições gerais de venda

1. Geral

1.1 As vendas e fornecimentos da equipamentos e materiais elétricos (em diante, os Fornecimentos) a efetuar pela Circutor, S.A. (Em diante o Vendedor) reger-se-ão pelas presentes Condições Gerais de Venda, exceto em tudo aquilo que esteja expressamente acordado de forma adequada num documento contratual e que constitua as condições particulares do mesmo. Assim, carecem de valor, para todos os efeitos, quaisquer outras condições que não tenham sido expressamente aceites pelo Vendedor.

1.2 Considerar-se-á que as presentes Condições Gerais foram comunicadas ao Comprador desde o momento em que a este se comunique a página web em que se encontram as mesmas ou recebe uma oferta do Vendedor acompanhada destas Condições. Alternativamente, considerar-se-ão como comunicadas se o Comprador as tiver recebido antes do decurso da sua relação comercial com o Vendedor; considerando-se, em todos os casos, aceites pelo Comprador, para todos os efeitos, ao realizar o pedido.

2. Objetivo e alcance das ofertas

2.1 Salvo se o vendedor realizar uma oferta específica, os preços aplicáveis são os que surgem na lista de preços do Vendedor em vigor na data em que se realize o pedido.
Quando o Vendedor tiver realizado uma oferta, os preços e condições de dita oferta referir-se-ão exclusivamente aos produtos (especificações e quantidades) especificados na mesma e serão válidos durante um mês, salvo estipulado em contrário.

2.2 O vendedor reserva-se o direito a realizar qualquer alteração em qualquer momento, em particular relativamente ao formato, à forma, à cor, às dimensões ou materiais, dos produtos, representações, descrições e especificações apresentadas nos seus catálogos ou folhetos.

3. Perfeição de compra e venda

A aceitação por parte do Comprador de uma oferta do Vendedor, dever-se-á materializar em todo o caso, com uma ordem de pedido do Comprador e serão de aplicação as condições descritas neste documento.

4. Formalização de pedidos e alcance de fornecimento

4.1 O alcance do fornecimento deverá estar claramente especificado no pedido do Comprador. O pedido não será considerado efetivo sem a aceitação do Vendedor. A não receção por parte do Comprador de uma notificação de aceitação ou recusa do pedido do Vendedor, não implica a aceitação do mesmo.

4.2 O Fornecimento inclui unicamente os equipamentos e materiais objeto do pedido, com exceção dos casos nos quais, no pedido do Comprador que tenha sido aceite pelo Vendedor, inclui-se explicitamente qualquer documentação, relatório, suporte ou serviços adicionais.

5. Preços.

5.1 Os preços do Fornecimento são líquidos, sem IVA ou qualquer outro imposto, direito ou taxa, que se repercutirão posteriormente na fatura com os tipos correspondentes. Salvo estipulado em contrário no pedido aceite pelo Vendedor, o Vendedor incluirá no preço do Fornecimento a embalagem normal utilizada pelo Vendedor, excluindo qualquer outra embalagem e considerar-se-ão situados na fábrica do Vendedor.

5.2 Os produtos objeto de um pedido viajam por conta e risco do Comprador e, no caso de serem expedidos pelo Vendedor, fá-lo-á pagando os portes devidos. O Vendedor poderá estabelecer acordos, condições ou propostas a partir das quais poderá ser realizada a carga do transporte e o seguro do fornecimento. Em tais casos, o Vendedor reserva-se o direito de escolher o meio e a empresa de transporte e de seguro.

5.3 Os preços indicados na oferta são indicados para as condições de pagamento especificadas na mesma. Se estas condições de pagamento forem modificadas, os preços da oferta serão revistos.
5.4 As tarifas de preços podem ser modificadas em qualquer momento, caso em que se faria uma notificação com quinze dias de antecedência.

6. Condições de pagamento

6.1 O pedido do Comprador incluirá as condições de pagamento do Fornecimento. Também se poderão utilizar condições de pagamento previamente especificadas no enquadramento de um acordo de relação comercial contínua entre o Comprador e o Vendedor. Ditas condições de pagamento dever-se-ão reger pelo previsto na Lei 15/2010, de 5 de julho, em modificação da lei 3/2004, de 29 de dezembro, através da qual se estabelecem medidas contra a luta contra a morosidade em operações comerciais, sem superar, em caso algum, os prazos máximos estabelecidos na mesma. Em qualquer caso, as condições de pagamento manter-se-ão sempre dentro do enquadramento legal em vigor.

6.2 O pagamento realizar-se-á nas condições acordadas, na conta bancária do Vendedor ou através de qualquer outro procedimento acordado. O pagamento realizar-se-á sem qualquer dedução tal como retenções não acordadas, descontos, gastos, impostos ou taxas, ou qualquer outra dedução.

6.3 Em caso de atraso nos pagamentos por parte do Comprador, este terá que pagar ao Vendedor, sem requisito algum e a partir da data de vencimento do pagamento, os juros de mora do pagamento atrasado, que se calcularão de acordo com o previsto no artigo 7 da lei 3/2004 de 29 de dezembro. O pagamento destes juros não isentará o Comprador da obrigação de realizar os restantes pagamentos nas condições acordadas.

6.4 No caso de o Comprador incorrer em atrasos nos pagamentos acordados, o Vendedor poderá suspender, de forma provisória ou definitiva, à sua escolha, o envio do Fornecimento ou a execução dos serviços associados ao mesmo, sem prejuízo de requerer ao Comprador a realização dos pagamentos atrasados e de reclamar, em cada caso, compensações adicionais por esta suspensão do Fornecimento ou execução dos serviços acordados.

6.5 O não pagamento de um prazo na data de vencimento provocará automaticamente o vencimento e a exigibilidade de todas as quantias devidas por parte do Comprador não cumpridor, independentemente da forma em que tenha sido instrumentalizado o pagamento (letras de câmbio, títulos de crédito ou outros). Assim, o Vendedor reserva-se o direito de suspender a execução das suas próprias obrigações até ao pagamento completo das quantias devidas e exigir a indemnização de custos previstas no artigo 8 da lei 3/2004 de 29 de dezembro.

6.6 Os equipamentos e materiais objeto do pedido serão fornecidos sob reserva de domínio a favor do Vendedor, até ao cumprimento total das obrigações de pagamento do Comprador, ficando este último obrigado a cooperar e a adotar tantas medidas quantas sejam necessárias ou convenientes e as que proponha o Vendedor para salvaguardar a sua propriedade sobre ditos equipamentos e materiais.

6.7 Quando coincidam períodos de vencimento com períodos de férias, não se aceitarão atrasos nos pagamentos por parte do Vendedor não se admitirão adiamentos ou circulares que os rejeitem. Não se admitirá também qualquer conteúdo similar dentro das condições do pedido, especificadas pelo Comprador.

7. Prazos e condições de entrega

7.1 O prazo de entrega entende-se para o material colocado na posição e nas condições indicadas no pedido aceite. No caso de não se especificar a posição de entrega no mesmo, considerar-se-á o Fornecimento situado na fábrica ou armazéns do Vendedor. Para que o prazo de entrega obrigue o Vendedor, o Comprador deverá ter cumprido estritamente com o programa de pagamentos, em cada caso.

7.2 Os prazos ficam condicionados à disponibilidade dos equipamentos e materiais e a qualquer outra circunstância existente que possa ter influência no momento da receção do pedido firme por parte do Vendedor expedido pelo Comprador. Qualquer ampliação ou modificação posterior do pedido, converterá o pedido num novo pedido, reiniciando-se todos os processos e revendo-se de novo todas as condições e prazos.

8. Receção

8.1 Uma vez recebido o Fornecimento, o Comprador verificará o conteúdo do mesmo num prazo não superior a 15 dias a partir da receção, para verificar eventuais defeitos e/ou faltas que pudessem ser imputáveis ao Vendedor, comunicando, em cada caso, de forma imediata e por escrito ao Vendedor a existência destes defeitos e/ou faltas.

8.2 Assim, após decorridos 15 dias da receção do Fornecimento por parte do Comprador sem que o Vendedor tenha recebido uma comunicação por escrito sobre eventuais defeitos ou falhas, considerar-se-á que o Fornecimento foi aceite.

9. Devolução de materiais. Reclamações

9.1 Em caso algum o Vendedor admitirá devoluções de materiais sem prévio acordo relativamente ao Comprador. Estabelece-se um prazo de 15 dias assim que o Fornecimento tenha sido recebido por parte do Comprador, para que este notifique o Vendedor da sua intenção de realizar uma devolução e a justificação da mesma, e acorde com o Vendedor, em cada caso, as condições e o procedimento da devolução. Em qualquer caso, as reclamações do Comprador ao Vendedor dever-se-ão realizar por escrito e de forma fidedigna, mediante o acompanhamento do formulário “autorização Circutor” devidamente preenchido a fim de garantir um serviço pós-venda ágil e eficiente.

9.2 As devoluções ou envios de equipamentos ou material nas instalações do Vendedor, quer seja para suborno, substituição ou reparação deverão realizar-se sempre com portes pagos.

9.3 No caso de uma devolução por erro no pedido ou por outras causas alheias ao Vendedor, a aceitação de dita devolução estará sujeita ao acordo de participação, por parte do Comprador, nos custos de revisão e acondicionamento e que, em caso algum serão inferiores a 15% do valor líquido do equipamento devolvido.

9.4 O Vendedor não admitirá devoluções de materiais que tenham sido desembalados da sua embalagem original, utilizados, montados em outros equipamentos ou instalações, ou sujeitos a desmontagens alheias ao Vendedor.

9.5 O Vendedor também não admitirá devoluções de produtos criados ou fabricados especificamente para o pedido.

10. Garantias

10.1 O Vendedor garante os produtos que tenham fornecido no referente a defeito de materiais, fabrico ou embalamento por um período de dois anos a partir da data de receção, seja esta explícita (superação de testes de receção, acordadas entre o Vendedor e o Comprador e envio por escrito de aceitação do Fornecimento), ou tácita (15 dias depois do envio para o Comprador sem comunicação por escrito ao Vendedor indicando qualquer inconformidade) ou de 18 meses a partir da data na qual se notifique que o Fornecimento está disponível para envio, ou o que ocorra primeiro.

10.2 A garantia expressa no ponto 8.1 consiste na reparação, nas oficinas do vendedor ou o fornecimento de substituição dos elementos que tenham sido reconhecidos como defeituosos, quer por defeitos do material ou por defeitos de fabrico ou de embalamento.

10.3 A reparação ou substituição de um elemento defeituoso do Fornecimento não varia a data de início do período de garantia do conjunto do Fornecimento que será a indicada no ponto 8.1. No entanto, o elemento reparado ou substituído terá dois anos de garantia a partir da sua reparação ou substituição.

10.4 Ficam excluídos da garantia os danos ou defeitos devidos ao desgaste normal por utilização dos equipamentos. Para além disso, ficam excluídos da garantia, a qual se considerará caducada, os danos e defeitos originados da conservação ou manutenção inadequados, armazenamento ou manuseamento erróneo ou negligente, utilização abusiva, montagens defeituosas, variações na qualidade do Fornecimento elétrico, modificações introduzidas no Fornecimento sem aprovação do Vendedor e, em geral, qualquer causa que não seja imputável ao Vendedor.

11. Limitação de responsabilidade

A responsabilidade do Vendedor, os seus agentes, colaboradores, subcontratados e fornecedores devido a reclamações advindas do cumprimento ou incumprimento das suas obrigações contratuais, não excederá em conjunto do preço básico contratual e não incluirá em caso algum prejuízos advindos do lucro cessante, perda de lucros, produção ou utilização, custos de capital, custos de inatividade, demoras ou reclamações de clientes do Comprador, perdas de poupanças previstas, nem qualquer outro prejuízo especial, indiretos ou consequenciais.

A limitação de responsabilidade contida na presente cláusula prevalecerá sobre qualquer outra contida em qualquer outro documento contratual que seja contraditória ou incongruente com a mesma, salvo se tal cláusula restringir, em grande medida, a responsabilidade do Vendedor.

12. Limitação de exportação

O Comprador reconhece que os produtos fornecidos pelo Vendedor podem estar sujeitos a cláusulas e regulamentações locais ou internacionais relativas ao controlo de exportação e, que sem as autorizações para exportar ou re-exportar das autoridades competentes, não se pode vender, nem arrendar ou transferir os fornecimentos nem sequer utilizá-los para qualquer propósito que não seja o acordado. O Comprador é responsável por cumprir com tais cláusulas e regulamentações.

13. Legislação aplicável. Submissão à jurisdição e Competência

As presentes condições serão regidas por e interpretadas de acordo com as leis espanholas.
As partes renunciam expressamente a qualquer outro tribunal que lhes possa corresponder e submetem-se à jurisdição e competência dos Julgados e Tribunais de Terrassa (Barcelona) - Espanha.

14. Força maior

14.1 No caso de o Vendedor ficar impedido, total ou parcialmente, para o cumprimento das suas obrigações contratuais devido a Força Maior, o cumprimento da(s) obrigação(ões) afetada(s) ficarão suspensas, sem responsabilidade alguma do Vendedor.

14.2 Por Força Maior, entender-se-á qualquer causa ou circunstância para além do controlo razoável do Vendedor, incluindo, mas não só, greves de fornecedores, transportes e serviços, falhas de fornecimento de terceiros, falhas nos sistemas de transportes, catástrofes naturais, inundações temporais, distúrbios, greves, conflitos laborais, paralisações de pessoal do Vendedor ou seus subcontratados, sabotagens, actos, omissões ou intervenções de qualquer tipo de governo ou agência do mesmo e outras causas de força maior contempladas na legislação vigente afetando, direta ou indiretamente, as atividades do Vendedor.

14.3 Quando ocorrer uma causa de Força Maior, o Vendedor comunicá-lo-á ao Comprador com a maior brevidade possível, expressando dita causa e sua duração previsível. Comunicar-se-á igualmente a cessação da causa, especificando o tempo em que lhe dará cumprimento a(s) obrigação(ões) suspensa(s) por razão da mesma. A ocorrência de um sucesso de força maior dará direito ao Vendedor a uma extensão razoável do prazo de entrega.

15. Confidencialidade

As Partes deverão tratar confidencialmente todos os documentos, dados, materiais e informações proporcionadas por uma delas à outra e não os revelar a qualquer terceiro, sem utilizá-lo para qualquer outro propósito diferente do cumprimento e desenvolvimento do Fornecimento, a menos que conste previamente por escrito o consentimento da outra Parte.

O anterior não é um obstáculo a que o Vendedor facilite o nome do Comprador e os dados básicos do Fornecimento como parte das suas referências comerciais.

16. Resolução

16.1 Qualquer uma das Partes poderá terminar imediatamente o pedido através de notificação por escrito à outra Parte, se a parte incumprir, de maneira substancial, o mesmo.
Nenhum incumprimento de pedido será considerado substancial a menos que a Parte em incumprimento tenha sido notificada com antecedência por escrito e não tenha solucionado o incumprimento dentro de trinta (30) dias após a notificação.

Assim, serão causa de resolução os seguintes:

- a dissolução e/ou liquidação ou declaração de concurso de credores de qualquer uma das Partes, salvo no enquadramento de operações de fusão realizadas dentro do Grupo a que cada uma pertença.
- a cessão da atividade da qualquer uma das Partes.
- a persistência de um acto de Força Maior durante mais de três meses a partir da data de receção por uma das Partes à outra.
- qualquer outra causa de resolução assinalada expressamente em outras Cláusulas das presentes Condições.

circutor32x32

Contacto

CIRCUTOR, SA
Vial Sant Jordi s/n, 08232
Viladecavalls (Barcelona) Spain
Tel: (+34) 93 745 29 00
Fax (+34) 93 745 29 14

Serviço de Assistência Técnica

(+34) 93 745 29 19

SAT